Call Us Now: (240) 429 2177

Semana Africana da Programação impulsiona uma educação inclusiva com oficinas de programação para crianças com deficiências auditivas em Moçambique.

November 12, 2018

45169598_313071792613483_118297418105094144_nMAPUTO, Moçambique – 12 Novembro 2018 -/African Media Agency (AMA)/- A programação é uma linguagem universal capaz de suprir não apenas as disparidades de género e renda, mas também possibilitar o acesso inclusivo à educação do século XXI? Para a equipa dedicada de embaixadores da Semana Africana da Programação (Africa Code Week) em Moçambique, a resposta é um retumbante “sim”. “A programação é uma linguagem que todos podem – e devem – falar para poderem ser participantes activos na economia digital mundial”, afirma Sónia Santos, coordenadora local da Semana Africana da Programação. “Com o apoio dos nossos parceiros dos sectores público e privado, a Africa Code Week está a concretizar a sua visão de uma educação inclusiva para o século XXI, alcançando pela primeira vez a comunidade de deficientes auditivos de Moçambique.”
Com mais de 1,8 milhões de jovens africanos que já tiveram acesso às competências de programação nos últimos três anos, a Africa Code Week contribuiu de forma duradoura para o continente, permitindo o acesso gratuito a milhares de oficinas de desenvolvimento de competências digitais, ao mesmo tempo que cria capacidades no ensino das TIC com a formação de mais de 28.000 professores e membros da comunidade até à data.

A língua universal da programação

45193393_1015459288632338_1032737925843910656_n

As oficinas de programação da Africa Code Week para crianças com deficiências auditivas em Moçambique fazem parte do compromisso mais amplo da empresa SAP com os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, especificamente o Objectivo 4, que visa garantir educação inclusiva e de qualidade para todos. O programa também confere mais peso ao Objectivo 17, graças a parcerias sustentáveis com a rede de parcerias em toda a África. De acordo com Santos, a resposta à primeira experiência na prestação de formação inclusiva em programação para comunidades surdas foi extremamente positiva. “No início de Outubro realizámos sessões extremamente bem-sucedidas com formadores especialistas em Maputo, na qual 24 professores de várias escolas para alunos com necessidades educativas especiais receberam formação em programação. Estes professores mais tarde ministraram oficinas de programação com o apoio de voluntários em Maputo, em que 105 alunos com deficiências auditivas participaram durante dois dias.”
Moçambique tem cerca de 305.000 surdos. No entanto, devido à falta de estruturas de apoio adequadas e o constante estigma, muitos não conseguem acesso ao ensino formal ou oportunidades de trabalho. “Moçambique tem apenas três escolas dedicadas ao ensino de crianças surdas, o que deixa a maior parte da comunidade sem qualquer possibilidade de gozar de oportunidades de desenvolvimento de competências digitais. À medida que a Quarta Revolução Industrial ganha ritmo, quem não dispõe destas competências corre o risco de ficar para trás. É o nosso objectivo capacitar a juventude em África com as competências necessárias para prosperar na economia digital mundial de maneira inclusiva e sustentável”, diz Santos.
Uma parceria do sector privado com a Mapal, uma empresa industrial alemã, resultou no patrocínio da sessão Formação de Formadores, realizada no Instituto de Formação de Professores em Vilankulo. “Com o generoso apoio dos nossos parceiros do sector privado, formámos 20 professores que, por sua vez, inspiraram 200 jovens no âmbito da Semana Africana da Programação deste ano.”

Parceria com o governo amplia o alcance da Semana Africana da Programação

Santos acrescenta que o apoio do governo às actividades da Semana Africana da Programação deste ano foi extremamente encorajador. “Fizemos uma parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional que tem delegações (CPRD) em cada uma das províncias com acesso a computadores em regiões onde muitas crianças nunca antes haviam tocado ou trabalhado num computador. Com o apoio do Instituto Nacional de Governo Electrónico, também formámos 345 professores no âmbito das actividades de formação de formadores deste ano, com foco em partes do país onde a alfabetização digital está atrasada.”

De acordo com Sunil Geness, Chefe de Projecto da Africa Code Week na SAP Africa, o apoio e participação do governo e das ONG no país é uma das pedras angulares do impacto sustentável da Africa Code Week em todo o continente. “Além do apoio dos principais parceiros como a UNESCO YouthMobile, a Google e o Ministério Federal Alemão para Cooperação e Desenvolvimento Económico (BMZ), a Africa Code Week é activamente fomentada por mais de 15 governos africanos e mais de 150 organizações parceiras em 36 países. Acreditamos que esta abordagem de valores comuns é a chave para alcançar a nossa visão de desenvolver a capacidade da comunidade no que diz respeito ao ensino das TIC em todo o continente e para prover os jovens com as competências e capacidades que impulsionarão o sucesso deles – e da África – no século 21.”

Para saber quando estão a decorrer as actividades do Africa Code Week no seu país, consulte africacodeweek.org ou acompanhe @AfricaCodeWeek no Twitter. Para mais informação sobre a SAP Africa, consulte SAP News Center. Acompanhe o SAP no Twitter em @sapnews e @sap4good.

Distribuído pela African Media Agency (AMA) em nome do SAP Africa

Sobre a Semana Africana da Programação
Protagonizada pelo gabinete de Responsabilidade Social da SAP (Europa, Médio Oriente e África) em 2015, no âmbito dos seus investimentos sociais para impulsionar o crescimento sustentável em África, a Africa Code Week é uma iniciativa de desenvolvimento de competências digitais que beneficiou 1,8 milhões de jovens africanos em 35 países até à data. Parcerias robustas com os sectores público, privado e sem fins lucrativos são a força motriz por trás dos ambiciosos objectivos da iniciativa de construir capacidade comunitária no ensino das TIC em todo o continente, capacitando mais de 70.000 professores e com um efeito positivo nas vidas de 2 milhões de jovens africanos até 2020. Apoiado activamente pelos principais parceiros como a UNESCO YouthMobile, a Google e o Ministério Federal Alemão para Cooperação Económica e Desenvolvimento (BMZ), 15 governos africanos, mais de 150 parceiros e 100 embaixadores em todo o continente, a Africa Code Week está a impulsionar o impacto do ensino sustentável para ajudar a suprir o fosso digital e no que diz respeito a competências no contexto do género em África. A quarta edição da Semana Africana da Programação decorre ao longo do mês de Outubro de 2018, com milhares de oficinas gratuitas voltadas para o ensino digital organizadas para jovens dos 8 aos 17 anos em 36 países. Associe-se à SAP e os seus parceiros; consulte www.africacodeweek.org para mais informação.

Sobre a SAP
Na qualidade de empresa voltada para tecnologias em nuvem e operacionalizado pelo sistema SAP HANA®, a SAP é líder de mercado em softwares de aplicativos para empresas, ajudando empresas de todos os tamanhos e em todos os sectores: 77% das receitas realizadas em transacções em todo o mundo passa por um sistema SAP. As nossas tecnologias de aprendizagem de máquina, internet das coisas (IoT) e análise avançada ajudam a transformar as empresas de clientes em empresas inteligentes. A SAP proporciona a indivíduos e organizações uma perspectiva profunda do meio empresarial e promove a colaboração que as ajuda a permanecer à frente dos seus concorrentes. Simplificamos a tecnologia para empresas, para que assim possam utilizar os nossos softwares da forma que quiserem – sem interrupções. O nosso pacote completo de aplicativos e serviços permite que mais de 413.000 empresas e clientes públicos operem de forma lucrativa, sempre em adaptação, e que assim façam a diferença. Com uma rede mundial de clientes, parceiros, funcionários e líderes intelectuais, a SAP ajuda o mundo a funcionar melhor e a melhorar a vida das pessoas. Para mais informação, consulte www.sap.com.

# # #
Quaisquer declarações contidas neste documento que não sejam factos históricos são declarações prospectivas, conforme definido na Lei de Reforma de Litígios Privados em matéria de Títulos dos EUA de 1995. Termos como “prever”, “acreditar”, “estimar”, “esperar”, “perspectivar” “pretender”, “poder”, “planear”, “projectar”, “prognosticar”, “deverá” e expressões semelhantes relacionadas à SAP têm o objectivo de identificar tais declarações prospectivas. A SAP não assume nenhuma obrigação de actualizar ou revisar publicamente quaisquer declarações prospectivas. Todas as declarações prospectivas estão sujeitas a vários riscos e incertezas que podem causar diferenças significativas entre resultados e expectativas. Os factores que podem afectar os resultados financeiros futuros da SAP são discutidos em maior pormenor nas declarações da SAP junto à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), que incluem o relatório anual mais recente da SAP no Formulário 20-F declarado à SEC. Advertimos os leitores a não depositar confiança indevida nas declarações prospectivas, que têm validade apenas a partir das datas de realização.

© 2018 SAP SE. Todos os direitos reservados.
A SAP e outros produtos e serviços da SAP aqui mencionados, bem como os respectivos logótipos, são marcas comerciais ou marcas registadas da SAP SE na Alemanha e em outros países. Consulte https://www.sap.com/copyright para mais informação e indicações sobre marcas registadas.

Nota à redacção:
Para ver e baixar material televisivo e fotografias para a imprensa, consultem www.sap.com/photos. Nesta plataforma, encontrará materiais de alta resolução para canais de comunicação. Para ver peças em vídeo sobre vários tópicos, consulte www.sap-tv.com. A partir deste site, poderá carregar os vídeos nas suas páginas web, partilhar vídeos através de ligações por email, e assinar canais RSS da SAP TV.

Para clientes interessados em saber mais sobre produtos SAP:
Centro Mundial do Consumidor: +49 180 534-34-24
Para os Estados Unidos: 1 (800) 872-1SAP (1-800-872-1727)

Para mais informação, (só para a imprensa):
Adam Hunter, Chefe, Assessoria de Imprensa, SAP Africa +27 11 787 035, adam.hunter@sap.com (CAT)

0

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *