Call Us Now: (240) 429 2177

Em 2017, a Africa Finance Corporation manteve um sólido desempenho financeiro e operacional

May 5, 2018

LAGOS, Nigeria, 5 de maio de 2018-/African Media Agency (AMA)/- a Africa Finance Corporation (AFC), a principal instituição financeira multilateral de desenvolvimento infraestrutural da África, anuncia hoje os resultados do exercício de 2017.

Destacam-se, a saber:

O Rendimento Integral Total do período somou 109,2 milhões de dólares norte-americanos – um Lucro Líquido de 100,3 milhões de dólares no exercício;

Os Ativos totalizaram 4,2 mil milhões de dólares – um crescimento de 21% do Balanço, comparado ao ano anterior;

O Capital Próprio totalizou 1,5 mil milhões de dólares;

A Margem Financeira somou 142,7 milhões de dólares – uma alta de 21% na comparação com o ano anterior;

Emolumentos, comissões, dividendos e demais Receitas totalizaram 29,7 milhões de dólares – um aumento de 36%;

O rácio de eficiência situou-se em 19% – o nível mais baixo já atingido;

A posição de liquidez ficou em 1,5 mil milhões de dólares.

Ótimos resultados operacionais subjacentes – as principais conquistas abrangem:
• Ingressão de três novos Estados-membros em 2017: Quênia, Zâmbia e Benim – com a ingressão do Malawi prevista para 2018. A AFC conta agora com 18 Estados-membros.
• Investidores adicionais de Capital Próprio – em 2017, um Investidor Soberano (o Gana); em janeiro de 2018, a African Reinsurance Corporation tornou-se a primeira instituição multilateral de investimentos.
• Inauguração de dois portos construídos em tempo recorde pela Gabon Special Economic Zone, uma investidora na AFC. O porto mineiro e de uso generalizado localizado na cidade portuária de Owendo, permitirá a diversificação da economia gabonesa.
• Conclusão da operação Anergi – um empreendimento em conjunto com a empresa Harith General Partners, de criação de uma companhia elétrica com capacidade de produção de energia bruta de 1,786MW, que irá fornecer energia fiável a até 30 milhões de pessoas em cinco países.
• Liderança de um consórcio internacional de investimentos de 205 milhões de dólares norte-americanos na mineradora de bauxita de Bel-Air, em Conacri, capital da Guiné – um dos maiores investimentos estrangeiros no país desde a crise de Ébola, em 2014.
• A AFC passou a ser a primeira instituição financeira multilateral da África a emitir títulos sukuk – os mais bem cotados por uma entidade supranacional da África.
• Arrecadação de 500 milhões de dólares em euro-obrigações a sete anos, com subscrição cinco vezes superior.

“O Ano de 2017 verificou um desempenho sólido face às difíceis condições. Apesar de o ano ter sido marcado por desafios fiscais, menos projetos lucrativos e redução de investimentos em todo mercado, a AFC obteve ótimos resultados subjacentes, conforme demonstram os valores acima.

Andrew Alli, Presidente e Diretor Executivo, AFC; Emeka Emuwa, Presidente da Assembleia Geral; Dr. Adesegun Akin-Olugbade, Diretor de Operações e Conselho Geral, AFC na 10.ª Reunião Geral Anual da Africa Finance Corporation (AFC), realizada na sexta-feira, dia 27 de abril de 2018, em Lagos, Nigéria.

Andrew Alli, Presidente e Diretor Executivo, AFC; Emeka Emuwa, Presidente da Assembleia Geral; Dr. Adesegun Akin-Olugbade, Diretor de Operações e Conselho Geral, AFC na 10.ª Reunião Geral Anual da Africa Finance Corporation (AFC), realizada na sexta-feira, dia 27 de abril de 2018, em Lagos, Nigéria.

A nível operacional, a AFC também manteve a dinâmica, dando as boas-vindas ao Quênia, Zâmbia e Benim como novos Estados-membros, desbravando assim instrumentos de financiamento inovadores como, p. ex., títulos sukuk com subscrição excedida e capacidade para continuar a viabilizar satisfatoriamente vários projetos infraestruturais que irão transformar as economias recetoras de investimentos da empresa.

Em 2017, a AFC celebrou seu décimo aniversário, o que veio a coincidir com o meu último ano como Presidente e Diretor Executivo. Tenho orgulho de informar que na última década, a AFC passou de simples empresa em arranque para uma força de grande sucesso no continente, que se encontra à frente na apresentação de soluções ao défice infraestrutural da África. Temos demonstrado que a Infraestrutura da África representa uma categoria viável de ativos e que os investidores podem contribuir para o crescimento sustentável de longo prazo no continente – da forma que irá produzir resultados sólidos.

Foi um grande privilégio poder liderar uma equipe movida por esse objetivo. Em sua primeira década, a AFC elevou os lucros de 4,4 milhões de dólares para 100,3 milhões de dólares – um valor aproximadamente 20 vezes maior – pagou dividendos agregados aos acionistas no valor de 304,4 milhões de dólares e promoveu a Sociedade à segunda melhor classificação como instituição de crédito da África. Com o balanço e competências posicionados para oferecer financiamentos em infraestruturas que irão ajudar a África a desenvolver suas potencialidades, a AFC está bem colocada para a próxima década de crescimento, para o benefício de todas as partes interessadas”, declarou Andrew Alli (Presidente e Diretor Executivo da AFC) sobre os resultados.

Distribuído pela Africa Media Agency (AMA) em nome do Africa Finance Corporation (AFC).

Notas aos editores:

Sobre a AFC – www.africafc.org

A AFC, uma instituição financeira multilateral da categoria de investimentos, foi constituída em 2007 com uma base de capital próprio de um mil milhão de dólares norte-americanos, com a finalidade de ser catalisadora de investimentos privados em infraestrutura em toda a África. Com um balanço atual de aproximadamente 4,2 mil milhões de dólares norte-americanos, a AFC é a segunda maior instituição financeira multilateral da categoria de investimentos na África, com a classificação A3/P2 (perspetiva estável) do Serviço de Investidores da agência Moody. Em 2015, a AFC angariou, com êxito, 750 milhões de dólares norte-americanos e, em 2017 500 milhões; do seu Programa Global de Notas de Médio Prazo, aprovado pelo Conselho de Administração, de 3 mil milhões de dólares. As euro-obrigações registaram uma procura superior ao número de emissões e atraíram investidores da Ásia, Europa e Estados Unidos.

A abordagem de investimentos da AFC reúne conhecimentos setoriais especializados e foco em consultoria técnica e financeira, estruturação de projetos, desenvolvimento de projetos e capital de risco, de modo a atender às necessidades de desenvolvimento infraestrutural da África e incentivar um crescimento económico sustentável. A AFC investe em ativos infraestruturais de alta qualidade que fornecem serviços essenciais aos principais setores infraestruturais de energia, recursos naturais, indústria pesada, transporte e telecomunicação. Até à data, a Corporação já investiu cerca de 4 mil milhões de dólares norte-americanos em projetos em 28 países do norte, leste, oeste e sul da África.

Siga-nos no – @africa_finance

Para mais informações queira contactar:

Lucy Savage
Vice-Presidente, Comunicações
Tel: + 234 1 279 9600
Email: lucy.savage@africafc.org

Buchanan Communications
Bobby Morse / Alex Brown / Augustine Chipungu
Tel: +44 (0) 207 466 5000
Email: afc@buchanan.uk.com

0

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Nkemnji Global Tech

Featured

*Face of Evil*

Pan African Visions | October 29, 2020 5:23 am

Mutangana Jean Bosco was Rwanda's Prosecutor General from 2016 to 2019

Rwanda:Former Prosecutor General Mutangana arrested.

Pan African Visions | October 29, 2020 4:46 am

Khomotso Molabe, Chief Information Officer at Standard Bank South Africa

Shaking up the workplace in a matter of days

Pan African Visions | October 29, 2020 3:06 am